Jul 162010
 
Peerre no Anima Mundi - Dicas

Começa hoje, no Rio de Janeiro, a 18o. edição do Anima Mundi. CCBB, Odeon, Correios, Oi Futuro Flamengo e Ipanema e Arteplex recebem o melhor e mais bacana festival de cinema do Brasil. Escreverei para a Revista Moviola, como de hábito – não me deixavam cobrir para a outra (ainda existe?) -, mas ponho aqui algumas dicas da programação, pelo que meus olhos reconheceram. Primeiro, e mais importante, a sessão em homenagem ao fundamental Daniel [...Continua...]

Jul 242009
 
Peerre no Anima Mundi - Parte 5

Os premiados pela edição carioca do Anima Mundi. Reparem que o júri popular acertou bem mais que o profissional. Muto, do artista plástico Blu – que venceu entre os profissionais – une animação stop-motion e grafite. Técnica primorosa, e só. Como procuro mais que apenas técnica nos filmes que vejo, listo os já tradicionais 20 melhores curtas do Anima Mundi, com I Am So Proud of You, de Don Hertzfeldt, na cabeça. 1. I Am [...Continua...]

Jul 202009
 
Peerre no Anima Mundi - Parte 3

Os melhores. Ainda prometo críticas dos meus favoritos: I Am So Proud of You e Mon Chinois. Se possível, escrevo sobre outros também! Cyber, 2007, de Stefan Eling Damaged Goods, 2008, de Barnaby Barford Skhizein, 2008, de Jeremy Clapin Variété, 2009, de Roelof van den Bergh Wallace and Gromit: A Matter of Loaf and Death, 2008, de Nick Park Related Images:

Jul 192009
 
Peerre no Anima Mundi - Parte 2

Bons, simpáticos e / ou divertidos curtas-metragens. Pontos para o grafismo de Draw Poker e para a originalidade de Notebook. Urs talvez seja inferior aos demais… Draw Poker, 2009, de E. Sellström, S. R. Bonde, S. Süssmann e L. V. Jensen Il Naturalista, 2008, de G. Barbera, G. Presti, F. Parodi e M. Tozzi Lehila Yesh Ketem Al Hasimla, 2008, de Eram Flax Notebook, 2008, de Evelien Lohbeck Urs, 2009, de Moritz Mayerhofer Related Images:

Jul 192009
 
Peerre no Anima Mundi - Parte 1

Começo com a turma da bagaça: curtas ruins, ou apenas regulares, sobre os quais escrevi para a Revista Moviola durante a semana. A crítica de O Divino, De Repente soa melhor que o filme. E Horn Dog… decepcionante. Pior da série de Bill Plympton com o personagem. A Cozinha Maravilhosa, 2008, de Juliano Reina Horn Dog, 2009, de Bill Plympton O Divino, De Repente, 2009, de Fábio Yamaji Varmints, 2008, de Marc Craste   Related [...Continua...]