Oct 062008
 

Impressionante a má qualidade da seleção oficial de Cannes este ano.

Começo a achar que o Grande Prêmio do Júri para Gomorra, de Matteo Garrone, não foi de todo injusto – Delta, Adoração e Minha Mágica são péssimos. Não compartilho do entusiasmo por La Mujer Sin Cabeza, e gosto moderadamente de Leonera (prefiro o anterior de Trapero, Nascido e Criado, embora a afirmação possa me render alguma dor de cabeça).

Belos filmes, só dois: A Fronteira da Alvorada e, principalmente, Um Conto de Natal – mas com enorme esforço criativo para abstrair a cópia podre com que o Festival exibiu o último.

Ontem, desisti de Il Divo, porque morria de sono. Votei cedo e encarei quatro sessões até as 19h30 – entre elas, Andrzej Wajda e Masahiro Kobayashi, que exaurem quaisquer forças! Aliás, o diretor japonês está no RJ. Simpático o cara – pena que filme tão mal.

E é possível que O Silêncio de Lorna rode também, já que no mesmo horário há Sonata de Tóquio.

PS: Eric Khoo (pronuncia-se como você está pensando), sobrenome de piada pronta. Só faz merda!

Related Posts with Thumbnails

Related Images:

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>