May 242009
 

Imagino Michael Haneke espumando de raiva com o prêmio FIPRESCI para Das Weisse Band: regra geral, quem vence a crítica não leva a Palma.
E lembremos da cara de pouquíssimos amigos do cineasta quando A Professora de Piano e Caché (sobretudo) perderam.

Policial, Adjetivo, de Corneliu Porumboiu, ganhou o prêmio da crítica na mostra Un Certain Regard. Entre a Quinzena dos Realizadores e a Semana da Crítica, Amreeka, de Cherien Dabis, foi o escolhido.

Para o Júri Ecumênico – surpresa! – Looking for Eric, de Ken Loach, na cabeça, com menção honrosa para Michael Haneke. A honraria mais inútil dos festivais também conferiu a Anticristo o “antiprêmio” de filme mais misógino de Cannes.
Só pelo Júri Ecumênico odiá-lo, Anticristo já cumpriu seu papel na Terra!

Related Posts with Thumbnails

Related Images:

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>