Jun 252006
 

Dinamarca, além de ser a senha para que Fridolin entre no castelo onde ocorre a orgia dos mascarados em Breve Romance de Sonho, de Arthur Schnitzler, também produziu dois gênios: Carl Dreyer e Carl Nielsen.

O primeiro no cinema, o segundo na música.

De Dreyer, foram lançados vários DVDs no Brasil. Mikael, Joana D’Arc, Dias da Ira, Ordet, Gertrud, Vampyr, todos essenciais. Na internet, é possível encontrar ainda outros filmes bastante raros, como Prästänkan (de 1920!), Honrarás a Tua Esposa, etc.

Quanto ao outro Carl… bom. Carl Nielsen (1865 – 1931), geralmente catalogado como pós-romântico, contemporâneo (da época, não necessariamente do estilo) de Mahler, Richard Strauss, Sibelius, Bruckner, Webern, Berg, Schoenberg, Stravinski, acaba quase sempre esquecido.

Seus CDs são bem difíceis de achar. Mais fácil é baixar: são seis sinfonias, alguns quartetos de cordas, o concerto para clarineta…

Minha favorita é a sinfonia no.5, embora a mais conhecida (que permanece quase completamente desconhecida) seja a quarta, a Inextinguível.

Nielsen costumava dizer que a música é conflito e, como a vida, inextinguível.
Praticamente todas as suas sinfonias possuem nomes, aliás: sinfonia no.2 “dos quatro temperamentos”, sinfonia no.3 “expansiva”, sinfonia no.6 “semplice”.
PS: A senha para a entrada. Mas qual a senha para a casa?

Related Posts with Thumbnails

Related Images:

  4 Responses to “Dinamarca”

  1. Oi Paulo,
    Com relação ao post anterior, dos filmes do emule, gostaria de saber como você faz para gravá-los depois que os baixa. Tenho copiador de dvd, fui tentar gravar um que tinha baixado e ficou muito pixelizado, com qualidade pouco satisfatória. É assim mesmo, ou há um outro jeito de gravá-los de modo que fiquem com boa imagem? Obrigado, continue com o empolgante trabalho nesse blog único.

  2. Alberto, não tenho gravador de DVD, então não tenho experiência no assunto pra te responder de pronto. Copio em CD mesmo, e fica bom.
    Posso perguntar pra quem grava em DVD como eles fazem. Ou se alguém puder responder por aqui mesmo, por favor, faça.

  3. Eu gravo em DVD, 6 filmes por disco, a velocidade 4x, nunca tiv problemas de perca de qualidade.

  4. Vai ver o Alberto acabou, sem querer ou não, gravando o filme de uma maneira que ele pudesse ser assistido no DVD player (ou seja, não gravou em DivX). Aí fica pixelado mesmo.

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>