Oct 152007
 

Alexander Kluge no MAM.

A partir desta quarta, na Cinemateca do MAM, e até final de outubro, retrospectiva comemorando os 75 anos do alemão Alexander Kluge, o único de seus contemporâneos que Fassbinder respeitava.

Fácil fácil a melhor mostra do ano, já que seus filmes pouco circulam. Eu só vi dois: No Perigo e na Penúria o Meio Termo Leva à Morte e o maravilhoso O Poder dos Sentimentos, que tem uma das frases mais espetaculares do cinema: “O que une um casamento? Um assassinato”.

Mas também passam Os Artistas da Cúpula do Circo: Perplexos (Leão de Ouro, batendo Faces de Cassavetes), A Patriota, Alemanha no Outono, Ferdinand o Forte, O Candidato…

Related Posts with Thumbnails

Related Images:

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>