Mar 302010
 
Cotações - Eric Rohmer

Fiquei com saudades das cotações. Elas voltaram! De 0 a 5, ruim a obra-prima. Dos filmes que menos gosto do Rohmer, Conto de Outono tem os fãs mais ardorosos. E sempre achei A Colecionadora quase insuportável, mas preciso rever. Meus prediletos são Amor à Tarde, Os Amores de Astrée e de Céladon, A Mulher do Aviador, O Joelho de Claire, Minha Noite com Ela, Pauline na Praia e  A Marquesa d’O. Também adoro O Raio [...Continua...]

Mar 262010
 
Eric Rohmer na Caixa Cultural

Eric Rohmer, que faleceu em janeiro, ganha (mais uma) retrospectiva no RJ, agora na Caixa Cultural. A primeira aconteceu em 2002, no 2002. Depois, foi a vez do Laura Alvim. Os Contos das Quatro Estações passaram no MAM. A maioria os filmes entraram em cartaz, pelo Estação (dono das cópias). A mostra da Caixa se diferencia, no entanto, porque traz os curtas Charlotte e Seu Bife e Nadja em Paris, bem como os últimos longas [...Continua...]

May 312007
 
Mais Rohmer

Rato de internet dá nisso: pesquisando, tudo se encontra. Pois bem, L’Astrée, romance que Eric Rohmer adapta em Les Amours d’Astrée et de Céladon, foi publicado entre 1607 e 1627, possui cinco partes, 40 histórias, 60 livros e 5399 páginas. Trata-se de romance pastoril que, embora basicamente acompanhe o amor da heroína L’Astrée por Céladon (personagens baseados na mitologia grega, na qual Astrée é a deusa da justiça), mostra-se extremamente complexo devido às digressões que [...Continua...]

Apr 122006
 

Lamentável, aliás, que o último filme de Rohmer não tenha sido lançado no Brasil. Agente Triplo foi exibido no Festival do Rio de 2004. Para mim, o melhor de todos que passaram. E olha que havia A História de Marie e Julien, Mal dos Trópicos e outros filmes de quilate semelhante. Além de extraordinário, Agente Triplo forma duo fascinante com A Inglesa e o Duque, uma vez que ambos se lançam na investigação da História [...Continua...]