Sep 072007
 

Começou semana passada a retrospectiva de produções da Mosfilm no MAM. Embora prevaleçam os filmes de Karen Shakhnazarov – excelente oportunidade para conhecer -, os destaques são os suspeitos usuais: Andrei Rublev e Stalker, talvez as maiores obras-primas de Tarkovski (no caso de Stalker, com certeza a melhor), e A Agonia, de Elem Klimov, conhecido no Brasil apenas pelo sublime Vá e Veja. De brinde, sessão latina com Que Viva México!. A programação, gratuita e [...Continua...]