Apr 162010
 
Selecionados Cannes 2010

Não se desmerece qualquer seleção que traga Abbas Kiarostami, Takeshi Kitano e Apichatpong Weerasethakul, porém… Cannes prometia mais. Há, claro, outras belas escolhas: Lee Chang-Dong (Sol Secreto), Xavier Beauvois (O Pequeno Tenente) e Im Sang-Soo (A Última Transa do Presidente – embora ainda seja o Sang-Soo errado). Sem contar Mike Leigh, que já ganhou a Palma de Ouro com Segredos e Mentiras, e Mathieu Amalric, ator excepcional, que de quando em vez se aventura pela [...Continua...]

Sep 242007
 

O Festival começou péssimo neste domingo, já que resolvi ver Elvis Pelvis. Deveria respeitar mais minha política de não assistir a filmes com títulos ruins, já que se não acertaram em apenas uma frase, imaginem em 96 minutos… Mas eis que houve a redenção. Dupla: Síndromes e Um Século e A Moça Dividida em Dois. Como as obras anteriores do Apichatpong Weerasethakul, não entendi boa parte de Síndromes e Um Século. Mas que diabos, precisa? [...Continua...]

Apr 142006
 

www.acessa.com/agenda/cinema/show.php?d=3&n=filmes_internet Matéria do amigo Marcelo Miranda. Tomo a liberdade de colocar as perguntas que ele me fez e as minhas respostas completas aqui (tudo ok, Marcelo?): 1) qual a relação / comparação que se pode estabeceler entre o acesso a filmes de 1996 para 2006? O acesso aos filmes aumentou bastante nos últimos 10 anos. Em 1996, havia somente o cinema, a TV aberta e o VHS. Obras raras, cineastas importantes, clássicos, filmes antigos eram [...Continua...]

Mar 192006
 

Hanriette e a mãe estã deitadas na relva. Close-up dos rostos em plongée. De repente, como se o sol saísse por detrás de nuvens, eles se iluminam. As mulheres sorriem. A foto da semana é de Divertimento Campestre (Une Partie de Campagne, 1936, de Jean Renoir). Filme moderníssimo, embora feito há exatos 70 anos. Por que? Divertimento Campestre, basicamente, é sobre como a luz – do campo, onde a família burguesa parisiense de Henriette foi [...Continua...]