Feb 262008
 
O Prazer

Bertolucci sobre O Prazer, de Max Ophüls. Curioso extra do DVD de O Prazer. Bernardo Bertolucci comenta sobre sua reação ao assistir ao filme de Max Ophüls – na verdade, teve de vê-lo três vezes, já que ao término de cada episódio estava tão enlouquecido que não conseguia continuar. A entrevista está em italiano, mas forçando um pouco os ouvidos, dá para entender. Compreendo a reação de Bertolucci perfeitamente. Não assisti ao filme em etapas, [...Continua...]

Dec 152007
 
Vai Mantegar Você Também

O Último Tango em Paris, 1972, de Bernardo Bertolucci. Procurei a versão completa da “cena da manteiga” no youtube, mas não encontrei. Ela continua com Marlon Brando forçando Maria Schneider a blasfemar contra a família e as instituições, enquanto… Vocês sabem. É cafona, como o filme em si, mas pelo menos rendeu a excelente piada dos Trapalhões, “Papai Eu Quero Me Casar”: Papai Eu Quero Me Casar, 1981, dos Trapalhões. A Globo poderia reprisar o [...Continua...]

May 232006
 

Zapeando os canais da TV, esbarro no Eurochannel, que traz dois filmes a serem vistos: Meia-noite, passa La Commare Secca, primeiro longa-metragem de Bernardo Bertolucci. Não está entre meus cineastas favoritos, longe disso, mas o segundo filme dele, Antes da Revolução, é uma obra-prima. Quatro da matina, é a vez de A Moça com a Valise, de Valerio Zurlini. Jamais assisti a nada de Zurlini (por absoluta falta de oportunidade, não se exibem filmes do [...Continua...]

Feb 052006
 

O Odeon está fazendo sua “mostra” com diversos cineastas italianos. Algumas frases soltas sobre diretores que já pude ver nesta semana: Damiano Damiani – A Investigação G-Ê-N-I-O. A Investigação pode não ser tão bom quanto A Feiticeira no Amor, mas o filme prova que Damiani é dos que melhor mexe a câmera no cinema. Seus travellings são ao mesmo tempo delicados e explosivos. E os enquadramentos, bom… é tudo questão de distância entre os objetos [...Continua...]