Jan 062007
 

Na última quinta-feira, passaram dois curtas-metragens de Charlie Chaplin no Telecine Cult, seguido do documentário sobre Casamento ou Luxo?. O canal promete mais Carlitos em sua programação, exibindo as cópias da MK2, ou seja, as restauradas e relançadas nos cinemas e em DVD recentemente. Os dois curtas foram Vida de Cachorro, de 1918, e Os Clássicos Vadios, de 1921, que Chaplin fez para a First National. No acordo assinado, que o tirou da Mutual, ele [...Continua...]

Dec 262006
 
Os Três Enterros de O Cavalo de Ferro

Não cheguei a contar, mas acredito que haja três ou quatro enterros em O Cavalo de Ferro (The Iron Horse, 1924) que, embora não seja a primeira obra-prima de John Ford, é o primeiro filme verdadeiramente famoso do cineasta, com o qual ele definiu o paradigma do western americano. O cavalo de ferro, a locomotiva: o transporte ferroviário que unifica os EUA de Leste a Oeste, do Atlântico ao Pacífico. Símbolo da revolução industrial e [...Continua...]

Aug 082006
 
Coeur Fidele

Coeur Fidele, 1923, de Jean Epstein Marie, empregada no bar do padrasto, ama Jean. No entanto, está prometida a Petit Paul, escroque da cidade de Marselha, onde se passa o filme. Coeur Fidele possui duas partes distintas, antes e depois da prisão de Jean (devido à luta com Petit Paul, no parque de diversões). Na primeira – melhor -, Epstein trabalha com belíssimos closes-up do casal protagonista (de expressões limpas, sem interpretações) e com delicadas [...Continua...]

Jul 232006
 
D.W.

Pai nosso, que estais no Céu, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra, como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos têm ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém Imagem: The Musketeers of Pig Alley, de D.W. Griffith. Texto: Pai Nosso, de [...Continua...]

Jul 062006
 

A Maratona desta sexta-feira traz Transamérica e Pepi, Luci e Bom (de Pedro Almodóvar), além do filme surpresa. Não ponho fé no Transamérica, e confesso que é o típico filme para se ver em cabine. Por falar em cabine, amanhã tem a do Super-Homem. O trailer me desestimulou muito, achei uma sonora porcaria – sem contar o fato de não gostar do original de Richard Donner (embora o segundo e o terceiro sejam legais). Ao [...Continua...]

Mar 022006
 

Neste sábado, estou organizando uma romaria ao Odeon, estilo caminho de Santiago de Compostela. Tudo porque, às 18h10, será exibido (pela ÚNICA vez) O Nascimento de Uma Nação, de D.W. Griffith. Valem velas, chibatadas nas costas, carregar pedras na cabeça, andar de joelhos, entoar cânticos… Só não pode carregar cruzes e vestir capuzes. Porque, realmente, pegaria muito mal. Related Images:

Jan 162006
 

D.W. Griffith é o Senhor Deus Nosso Pai. D.W. Griffith é o Senhor Deus Nosso Pai. D.W. Griffith é o Senhor Deus Nosso Pai. Repitam até se convencerem. Ou assistam a seus filmes. Baixei diversos curtas pelo e-mule e um é mais maravilhoso que o outro. The Musketeers of Pig Alley, The Unchanging Sea, The Sunbeam… Não é só a questão dele ter sistematizado a linguagem cinematográfica. Vai além. Griffith juntou cinema e literatura, filme [...Continua...]