Jun 092006
 
Programa Los Olvidados de Fidelização ao Cinema Brasileiro

Os filmes brasileiros, neste primeiro semestre, foram simplesmente despejados nas salas. Bilheterias magérrimas, sem nenhum plano de lançamento, apenas para preencher cotas de telas. Salvo um ou outro, nenhum sobreviveu a mais de duas semanas em cartaz. Sei que há várias mudanças a se fazer no macro-cenário do cinema nacional. Construir mais salas, mudar as leis do audiovisual, melhorar a distribuição… Mas aqui Los Olvidados se propõe a pensar em escola microscópica, na outra ponta [...Continua...]