Oct 172007
 

Poeminha que James Mason (que protagonizou The Reckless Moment e Caught) escreveu sobre Max Ophüls: “A shot that does not call for tracks Is agony for poor old Max, Who, separated from his dolly, Is wrapped in deepest melancholy. Once, when they took away his crane, I thought he’d never smile again.” Assisti a todos os filmes de Ophüls disponíveis – menos La Tendre Ennemie, porque está em francês sem legendas -, e meus favoritos [...Continua...]

Nov 132006
 
Max Ophüls na Undercurrent

Max Ophuls’s Adaptation to and Subversion of Classical Hollywood Cinema and Their Effect on his European Filmmaking Artigo bacana de Lutz Bacher que saiu na revista Undercurrent No mesmo número, matérias sobre o cinema austríaco e homenagem a Danièle Huillet, com textos de Adrian Martin, Jonathan Rosenbaum, Chris Fujiwara e da Cahiers du Cinema. Foto: Desejos Proibidos (Madame De…, 1953), de Max Ophüls. Related Images:

May 062006
 

6 de maio de 1902: nasce Max Oppenheimer, em Saarbrücken, Alemanha. Quando jovem, interessa-se pelo teatro, em atuar. Descobre, porém, tino para direção. Ainda nos anos 20, volta-se para o cinema, e adota o nome de Max Ophüls. Ophüls, na verdade, era o sobrenome de uma família nobre. Comum entre cineastas este “empréstimo” – só pegar os dois pseudo vons, Erich Von Strohein e Josef Von Sternberg, que obviamente jamais possuíram raízes na nobreza germânica. [...Continua...]