Apr 062009
 

Moscou perdeu o É Tudo Verdade para Cidadão Boilesen? Corumbiara levou menção honrosa do júri? VJs’s de Mianmar – Notícias de Um País fechado como melhor documentário estrangeiro? Levaram a sério demais o mantra de que o festival “nunca esteve tão ousado” e resolveram premiar apenas “filmes políticos” e “relevantes”. Ditadura militar, massacre indígena, protestos de monges budistas… Já Moscou… coitados, não o entenderam! Para fazer tamanha besteira, melhor que não o selecionassem. Pelo menos [...Continua...]

Apr 052009
 
É Tudo Verdade - Longas

As Três Irmãs, por Eduardo Coutinho. A Chave da Casa, 2009, de Paschoal Samora e Stela Grisotti Garapa, 2008, de José Padilha Moscou, 2009, Eduardo Coutinho Sobreviventes, 2008, de Miriam Chnaiderman e Reinaldo Pinheiro Diálogo que ouvi no ínício da sessão de A Chave de Casa, no Arteplex: – Se esse filme for ruim como o outro, vou embora! O “outro” era Moscou, de Eduardo Coutinho. Que não recebeu um aplauso sequer quando terminou. Difícil [...Continua...]

Mar 142009
 

Juro que não foi premeditado. Enquanto Los Olvidados migrava para endereço próprio, a Revista Moviola se reformulava. De cara nova, graças ao Ari (também conhecido como Aristeu Araújo), que faz milagres com o WordPress. Eu continuo fiel ao Movable Type, apesar das más línguas! Após o Festival de Tiradentes – quando escrevi IGUAL UM CONDENADO – tirei “férias” da revista. No entanto, volto para lá ainda este mês, com outra cobertura – É Tudo Verdade!, no [...Continua...]

Jan 092008
 

1. Jogo de Cena, de Eduardo Coutinho 2. A Conquista de Honra, de Clint Eastwood 3. Maria, de Abel Ferrara 4. Em Busca da Vida, de Jia Zhang-Ke 5. Lady Chatterley, de Pascale Ferran 6. Império dos Sonhos, de David Lynch 7. Medos Privados em Lugares Públicos, de Alain Resnais 8. Novo Mundo, de Emanuele Criasele 9. Cartas de Iwo Jima, de Clint Eastwood 10. A Comédia do Poder, de Claude Chabrol Related Images:

Jul 132006
 

De 14 a 30 de Julho de 2006 Inaugurando a sala de cinema do mais novo centro cultural do Rio de Janeiro, a Caixa Cultural RJ (CCRJ). Avenida Almirante Barroso, 25 – Centro. (ao lado do Metrô Carioca). 17 longas-metragens, 13 curtas, 4 debates. Ingressos gratuitos com retirada de senha 1h do início da sessão. Curadoria Hernani Heffner. A mostra Raízes do Século XXI – Cinema Brasileiro Contemporâneo vai exibir 17 filmes e quer traçar [...Continua...]