Jul 312009
 
Críticas em 140 Caracteres

Eu, Fernando Secco, Daniel Caetano, Salomão Santana e Sérgio Alpendre escrevemos no Cinema140 – também à disposição no twitter: http://twitter.com/cinema140. Críticas em 140 toques. Não se identifica, de propósito, a autoria dos textos no site. Perguntei, mais embaixo, quais eram meus. A resposta: A Coisa, 1985, de Larry Cohen Alienígenas viram produto, conquistam o mercado de sobremesas e se apossam dos consumidores. A Coisa: terror e capitalismo, por Larry Cohen. I Am So Proud of You, [...Continua...]

May 182009
 
Resposta do Quiz

Respostas: Jack Pennick (1895 – 1964), que esteve ao lado de Ford em incríveis 42 filmes. O primeiro, The Blue Eagle, em 1926. O último, o episódio A Guerra Civil de A Conquista do Oeste, em 1962. A parceria de Jack Pennick com John Ford: – A Guerra Civil (episódio de A Conquista do Oeste), 1962 – O Homem que Matou o Facínora, 1962 – Terra Bruta, 1961 – The Colter Craven Story, 1960 (episódio [...Continua...]

May 172009
 
Quiz

John Ford trabalhava sempre com a mesma equipe. Estavam lá, nos créditos, os assistentes Wingate Smith e Edward O’Fearna (seu irmão), os fotógrafos Joe August, Gregg Toland, Archie Stout, Bert Glennon, Winton C. Hoch e William Clothier, o editores Jack Murray e Robert Parish, os roteiristas Lamarr Troti, Dudley Nichols e Frank Nugent, os compositores Alfred Newman e Max Steiner, o músico Danny Borzage – além dos produtores Merian C. Cooper e Cliff Reid. À [...Continua...]

Apr 152009
 
Q & A

John Ford no set. Bertrand Tavernier: Quais seus diretores favoritos? John Ford: Leo McCarey – Eu amo A Cruz dos Anos. Frank Capra. E todo um bando de gente, como Raoul Walsh, sujeito um pouco como eu, exceto que ele é mais bonito e mulherengo; um de seus filmes, The Honor System, impressionou-me muito. Tay Garnett, Henry King. Eu gosto de Sammy Fuller também; ele coloca um pouco de violência demais em seus filmes, mas [...Continua...]

Apr 102009
 

Vi cartazes de Milagre em Santa Anna pelos cinemas do RJ. Confesso: não pensei que fosse estreiar, já que fracassou nos EUA. Mal de público e de crítica. Assisti ao novo / velho Spike Lee em DIVXs e, embora o próprio cineasta o destaque como “resposta” ao duo A Conquista da Honra e Cartas de Iwo Jima – a falsa polêmica de que Clint Eastwood não escalou atores negros, quando Lee sabe que, durante a [...Continua...]

Feb 132008
 

Ao assistir a Onde Os Fracos Não Têm Vez, lembrei-me dos faroestes de Anthony Mann com James Stewart – Winchester 73, E o Sangue Semeou a Terra e O Preço de Um Homem, por exemplo.. E dos westerns tardios de John Ford. Não por acaso, aliás, os irmãos Coen citam uma frase dita por John Wayne em Rastros de Ódio: “That’ll be the day”. Related Images:

Aug 292007
 

Terminei de arquivar meus filmes baixados pelo e-mule. Estão agora todos catalogados, por nome, diretor, língua em que é falado e legendas. Tenho mais de 500 títulos, obras (ripadas a maioria de DVDs) de Orson Welles, John Ford, Manoel de Oliveira, João César Monteiro, D. W. Griffith, F. W. Murnau, Max Ophüls, Jacques Demy, Cecil D. DeMille, Carl Dreyer, Yasujiro Ozu, Kenji Mizoguchi, Jacques Tati, Werner Herzog, Rainer Werner Fassbinder, Jean-Luc Godard, Eric Rohmer, Jia [...Continua...]

Aug 122007
 

Saiu na Folha de São Paulo: A versão restaurada do filme “O Cavalo de Ferro” (1924) de John Ford, o documentário de Nick Redman “Becoming John Ford” e o retorno de cinco obras-primas de Budd Boetticher irão se juntar aos já anunciados filmes da retrospectiva e aos novos filmes do velho oeste de Andrew Dominik, Miike Takashi e Alex Cox na homenagem do 64º Festival de Cinema de Veneza, de 29 de agosto a 8 [...Continua...]