Mar 062010
 
Oscar - Previsões

Domingo tem Oscar, que assisto desde 1987, quando O Último Imperador fechou a banca e ganhou todos os prêmios que disputava (“clean sweep”, como dizem os americanos). Este ano, contudo, será bem mais equilibrado, apesar do favoritismo de Guerra ao Terror. Filme: Guerra ao Terror Favorito dos críticos (ganhou New York, Los Angeles, Chicago, Boston e dezenas de outros prêmios pelos EUA), Guerra ao Terror sempre teve a bilheteria de Avatar à espreita. Porém, no [...Continua...]

Feb 032010
 
Oscar - Indicações

Avatar e Guerra ao Terror empataram com 9 indicações ao Oscar. Bastardos Inglórios teve oito. Amor Sem Escalas e Preciosa, seis. Pensei que Avatar ganharia fácil. Primeiro, devido à bilheteria (já ultrapassou os US$ 2 bilhões!). Segundo, pela afirmação do 3D. No entanto, as vitórias de Guerra ao Terror no PGA e no DGA me colocaram em dúvida. No Brasil, subestimamos o impacto de Guerra ao Terror nos EUA. Eu mesmo errei. A crítica norte-americana [...Continua...]

Jan 082010
 
DGA – Indicados

Que bola fora do Directors Guild of America! A associação dos diretores, que acerta a maioria dos indicados e dos ganhadores do Oscar, preferiu Lee Daniels a Clint Eastwood. Ainda não vi Amor Sem Escalas, mas Bastardos Inglórios, Avatar e Guerra ao Terror são belos filmes, e merecem. Só faltou quem não podia. Os indicados: – James Cameron (Avatar) – Jason Reitman (Amor Sem Escalas) – Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) – Lee Daniels (Preciosa, [...Continua...]

Dec 162009
 
Boston Film Critics

Espero que a Imagem Filmes já tenha demitido o incompetente analista de marketing que mandou Guerra ao Terror direto para o Home Video. Melhor filme: Guerra ao Terror Melhor diretor: Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) Melhor ator: Jeremy Renner (Guerra ao Terror) Melhor atriz: Meryl Streep (Julie e Julia) Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz (Bastardos Inglórios) Melhor atriz coadjuvante: Mo’Nique (Precious) Melhor roteiro: Joel Coen e Ethan Coen (A Serious Man) Melhor fotografia: Barry Ackroyd [...Continua...]

Dec 152009
 
San Francisco Film Critics

Não me lembro de filme recente com tamanha unanimidade na crítica americana. Guerra ao Terror colecionou praticamente todos os prêmios que saíram: Nova York, Los Angeles, San Francisco, Washington e Boston (que postarei mais tarde). Melhor filme: Guerra ao Terror Melhor diretor: Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) Melhor roteiro original: Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios) Melhor roteiro adaptado: Wes Anderson e Noah Baumbach (O Fantástico Sr. Raposo) Melhor ator: Colin Firth (A Single Man) Melhor atriz: [...Continua...]

Dec 152009
 
NYFCC e LAFCA

Fato raro, NYFCC e LAFCA concordaram que Guerra ao Terror é o melhor filme do ano. Se ganhar também Chicago – terceiro mais importante prêmio da crítica americana -, Bigelow fecha a tríplice coroa. No mais, ambos preferiram O Fantástico Sr. Raposo a Up – Altas Aventuras (que não aparece com o mesmo pique de Wall-E), lembraram-se de A Fita Branca e Horas de Verão e mantiveram Bastardos Inglórios e Amor Sem Escalas no páreo. [...Continua...]

Dec 092009
 
Washington D.C. Film Critics

Washignton D.C. Film Critics não é dos prêmios mais importantes, no entanto confirma os resultados do NBR, que apontava o favoritismo de Amor Sem Escalas e de Guerra ao Terror. Bastardos Inglórios, outra vez, aparece bem, enquanto Precious – que os americanos adoram – belisca seus primeiros troféus da crítica. Melhor filme: Amor Sem Escalas Melhor diretor: Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror) Melhor ator: George Clooney (Amor Sem Escalas) Melhor atriz: Carey Mulligan (An Education) [...Continua...]

Dec 042009
 
Top 10 Sight & Sounds

Lista da Sight & Sounds (especialista no assunto, já que organiza e enquete decenal sobre os melhores da História) com o Top 10 de 2009. Filmes interessantes. Presença maciça de Cannes – Um Profeta, A Fita Branca, Bastardos Inglórios e Anticristo (certamente, a escolha mais polêmica). Claire Denis emplacou logo dois, White Material e 35 Doses de Rum. Os críticos britânicos também adoram The Hurt Locker e Deixa Ela Entrar – e não se envergonham [...Continua...]