Aug 082007
 

A primeira seqüência de Guerra e Paz no campo de batalha, sobre a qual falei na crítica mais abaixo. Destaque para um dos mais belos travellings do cinema. Close-up do soldado russo moribundo e carrinho para esquerda, atravessando a tropa que marcha para o combate, até se fixar no rosto do comandante, que ordena o ataque. Em seguida, grua para cima, que descortina o choque entre os exércitos, finalmente soterrado pela nuvem da fumaça dos [...Continua...]

Aug 062007
 
Guerra e Paz I: Andrey Bolkonskiy

Guerra e Paz I: Andrey Bolkonskiy, 1965, de Sergei Bondarchuk Sergei Eisenstein, Dziga Vertov, Vsevolod Pudovkin, Lev Kuleshov, Aleksandr Dovzhenko, Leonid Trauberg, Grigori Kozintzev, entre outros: nomes da vaguarda do cinema soviético, embora realizassem filmes completamente diversos entre si, que nasceram a partir Revolução de outubro de 1917- e a maioria, devidamente enterrada pelo realismo socialista de Stalin. Com a distensão política da era Krushev, a produção da ex-URSS voltou a florescer e a ganhar [...Continua...]

Jul 242007
 

Comecei a baixar Vojna i Mir, ou Guerra e Paz, de Sergei Bondarchuk. Morro de curiosidade para vê-lo: é a famosíssima adaptação do clássico de Lev Tolstoi, que estabeleceu alguns recordes no cinema. – São quase oito horas de filme, divididas em quatro partes. – O projeto se estendeu de 1961 a 1968. – Gastou, acredita-se, cerca de US$ 100 milhões, o que ainda a tornaria a obra mais cara já realizada (levando-se em conta [...Continua...]

May 062007
 

Adoro os livros da L&PM Pocket e da Martin Claret porque, bem, posso comprá-los! Ontem, além de finalmente voltar ao cinema (será que a falta de prática explica eu ter gostado tanto de Homem-Aranah 3?), trouxe para casa O Capote e O Retrato, de Gogol; A Morte de Ivan Ivan Ilitch e Senhores e Servos, de Tolstoi; e Contos de Fantasmas, de Daniel Dafoe. O último é o que me desperta maior interesse. Daniel Dafoe [...Continua...]