May 112010
 
Die Verliebte Firma

Die Verliebte Firma, primeiro longa-metragem de Max Ophüls, já apresenta o mundo do espetáculo como lugar da farsa, da mentira e da ilusão, tal qual Lola Montès e La Signora di Tutti. Ophüls se volta, em Die Verliebte Firma, para o próprio cinema. Durante filmagem na pequena cidade de Wiesendorf, a estrela Peggy se desentende com o protagonista (e marido), abandona a locação e retorna a Berlim. Diretor, assistente, fotógrafo e compositores (trata-se de uma [...Continua...]

Oct 172007
 

Poeminha que James Mason (que protagonizou The Reckless Moment e Caught) escreveu sobre Max Ophüls: “A shot that does not call for tracks Is agony for poor old Max, Who, separated from his dolly, Is wrapped in deepest melancholy. Once, when they took away his crane, I thought he’d never smile again.” Assisti a todos os filmes de Ophüls disponíveis – menos La Tendre Ennemie, porque está em francês sem legendas -, e meus favoritos [...Continua...]

May 222007
 

Pesquisa rápida feita no e-mule. Encontrei, disponíveis: – O Estrangeiro (Lo Straniero) e Vagas Estrelas da Ursa (Vaghe Stelle Dell’Orsa), de Luchino Visconti. – La Signora di Tutti e Lola Montez (versão alemã, restaurada), de Max Ophüls. – The Pied Piper, de Jacques Demy. Related Images:

May 062006
 

6 de maio de 1902: nasce Max Oppenheimer, em Saarbrücken, Alemanha. Quando jovem, interessa-se pelo teatro, em atuar. Descobre, porém, tino para direção. Ainda nos anos 20, volta-se para o cinema, e adota o nome de Max Ophüls. Ophüls, na verdade, era o sobrenome de uma família nobre. Comum entre cineastas este “empréstimo” – só pegar os dois pseudo vons, Erich Von Strohein e Josef Von Sternberg, que obviamente jamais possuíram raízes na nobreza germânica. [...Continua...]

Mar 282006
 

Íris abre para plano geral da cidade litorânea. De um lado, a praia; de outro, a estrada, com as casas e os prédios margeando. Janela 2.35:1, filme preto e branco. Grua. A câmera (de Raoul Coutard) desce, acompahando o carro conversível que chega pela estrada, até ele ocupar lateralmente toda a extensão do quadro. O carro, conversível, é claro. O homem que o dirige também se veste com roupas claras, combinando com a areia da [...Continua...]