May 212008
 
Palma de Ouro

Manoel de Oliveira ganhou, anteontem, a Palma de Ouro em Cannes pelo conjunto da obra. Justa homenagem ao cineasta que, dia 11 de dezembro, completa 100 anos de idade – incríveis 77 deles atrás das câmeras, uma vez que estreou em 1931 com Douro, Faina Fluvial -, e permanece na ativa: está prestes a lançar Singularidades de Uma Rapariga Loira, baseado na obra de Eça de Queirós, além do curta-metragem Do Visível ao Invisível, que [...Continua...]

Sep 182007
 

Por que sempre vou às cabines do Festival, mesmo em obras desconhecidas? Por que sempre fico até o fim, mesmo quando o que vejo é horrível? Porque é o meu trabalho. Eu escolhi. Não sou médico, advogado, dentista, contador. Vivo de cinema, e o amo. Para mim, os piores filmes ainda são infinitamente melhores que ficar trancado em algum escritório. Sem contar os momentos extraordinários que ocorrem, de quando em vez. Sempre Bela, por exemplo: [...Continua...]

Aug 292007
 

Terminei de arquivar meus filmes baixados pelo e-mule. Estão agora todos catalogados, por nome, diretor, língua em que é falado e legendas. Tenho mais de 500 títulos, obras (ripadas a maioria de DVDs) de Orson Welles, John Ford, Manoel de Oliveira, João César Monteiro, D. W. Griffith, F. W. Murnau, Max Ophüls, Jacques Demy, Cecil D. DeMille, Carl Dreyer, Yasujiro Ozu, Kenji Mizoguchi, Jacques Tati, Werner Herzog, Rainer Werner Fassbinder, Jean-Luc Godard, Eric Rohmer, Jia [...Continua...]

Jul 272007
 

Competição: Atonement, de Joe Wright (filme de abertura) The Darjeeling Limited, de Wes Anderson Sleuth, de Kenneth Branagh Heya Fawda / Le Chaos, de Youssef Chahine Redacted, de Brian De Palma The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, de Andrew Dominik Nessuna Qualità agli Eroi, de Paolo Franchi Michael Clayton, de Tony Gilroy Nightwatching, de Peter Greenaway En la Ciudad de Sylvia, de José Luis Guerin In the Valley of Elah, de [...Continua...]

Mar 012007
 

Começando pelo fim: como sou fã do cinema americano clássico, e ainda mais das parcerias entre Michael Curtiz, Errol Flynn e Olivia De Havilland (Capitão Blood, Os Trilhos de Santa Fé), o grande destaque, sem dúvida, vai para As Aventuras de Robin Hood. Filmaraço que, se a cópia estiver boa, permitirá ver a glória do technicolor e ouvir a excepcional trilha sonora de Erich Korngold, possivelmente a melhor já feita para o cinema. Menino prodígio, [...Continua...]

Mar 012007
 

Olhares neo-realistas O neo-realismo é um dos mais importantes movimentos da história do cinema, surgido na Itália, no final da segunda grande guerra, influenciou outros gêneros e cinematografias como a nouvelle vague francesa, o free cinema inglês e o cinema novo brasileiro. Preocupado em mostrar a realidade do povo, aboliu o uso de estúdios e passou a usar locações e muitas vezes atores não profissionais, contrapondo-se aos filmes escapistas realizados durante o regime fascista. A [...Continua...]

Jan 172006
 

Terça-feira da semana passada, Menina de Ouro e Um Filme Falado empataram. De lá para cá, revezaram-se na liderança – até que, na última lista (fez de propósito, Levis!), Clintão levou a melhor. Já achava, desde que começou a votação, que a disputa ficaria entre os dois. Um Filme Falado é unanimidade, raro alguém que o tenha visto não o incluir. Já Menina de Ouro, embora não tão adorado assim, foi bem mais assistido, o [...Continua...]