Jan 212010
 
Resultados - 6a. Votação Los Olvidados Melhores de Ano

Participaram da votação André Luiz G. da Silva, Chico Fireman, Christopher Faust, Faéu Lopes, Felippe Barchilon, Fernando Secco, Gabriel Carneiro, Luciano Souza da Rosa, Melissa Prado, Monike Mar, Paulo Eduardo, Rafael Parrode, Régis Pallotta Trigo, Ricardo Fontes, Rodrigo Cazes, Rodrigo Pierre e Túlio Moreira. Obrigado a todos! Amantes, Gran Torino e Bastardos Inglórios terminaram bem à frente dos demais. Embora com mais citações, os filmes de Eastwood e Tarantino perderam para o de James Gray, [...Continua...]

Aug 212009
 
Melhores até Agora

Os melhores que vi, até agora. Há furos consideráveis, sobretudo Entre os Muros da Escola e Horas de Verão, que saíram de cartaz sem que eu fosse ao cinema. Em relação a Horas de Verão, porque estava em digital (assim, assisto em casa!). Quanto a Entre os Muros da Escola, por burrice mesmo. Mas compenso as ausências na lista do fim de ano! 1. Inimigos Públicos, de Michael Mann 2. Beijo na Boca, Não, de [...Continua...]

Apr 062009
 

Moscou perdeu o É Tudo Verdade para Cidadão Boilesen? Corumbiara levou menção honrosa do júri? VJs’s de Mianmar – Notícias de Um País fechado como melhor documentário estrangeiro? Levaram a sério demais o mantra de que o festival “nunca esteve tão ousado” e resolveram premiar apenas “filmes políticos” e “relevantes”. Ditadura militar, massacre indígena, protestos de monges budistas… Já Moscou… coitados, não o entenderam! Para fazer tamanha besteira, melhor que não o selecionassem. Pelo menos [...Continua...]

Apr 052009
 
É Tudo Verdade - Longas

As Três Irmãs, por Eduardo Coutinho. A Chave da Casa, 2009, de Paschoal Samora e Stela Grisotti Garapa, 2008, de José Padilha Moscou, 2009, Eduardo Coutinho Sobreviventes, 2008, de Miriam Chnaiderman e Reinaldo Pinheiro Diálogo que ouvi no ínício da sessão de A Chave de Casa, no Arteplex: – Se esse filme for ruim como o outro, vou embora! O “outro” era Moscou, de Eduardo Coutinho. Que não recebeu um aplauso sequer quando terminou. Difícil [...Continua...]

Mar 142009
 

Juro que não foi premeditado. Enquanto Los Olvidados migrava para endereço próprio, a Revista Moviola se reformulava. De cara nova, graças ao Ari (também conhecido como Aristeu Araújo), que faz milagres com o WordPress. Eu continuo fiel ao Movable Type, apesar das más línguas! Após o Festival de Tiradentes – quando escrevi IGUAL UM CONDENADO – tirei “férias” da revista. No entanto, volto para lá ainda este mês, com outra cobertura – É Tudo Verdade!, no [...Continua...]