Mar 012007
 

Começando pelo fim: como sou fã do cinema americano clássico, e ainda mais das parcerias entre Michael Curtiz, Errol Flynn e Olivia De Havilland (Capitão Blood, Os Trilhos de Santa Fé), o grande destaque, sem dúvida, vai para As Aventuras de Robin Hood. Filmaraço que, se a cópia estiver boa, permitirá ver a glória do technicolor e ouvir a excepcional trilha sonora de Erich Korngold, possivelmente a melhor já feita para o cinema. Menino prodígio, [...Continua...]

Mar 012007
 

Olhares neo-realistas O neo-realismo é um dos mais importantes movimentos da história do cinema, surgido na Itália, no final da segunda grande guerra, influenciou outros gêneros e cinematografias como a nouvelle vague francesa, o free cinema inglês e o cinema novo brasileiro. Preocupado em mostrar a realidade do povo, aboliu o uso de estúdios e passou a usar locações e muitas vezes atores não profissionais, contrapondo-se aos filmes escapistas realizados durante o regime fascista. A [...Continua...]

Jun 022006
 

O Novo Mundo, de Terrence Malick, reestréia. Esta é a boa notícia. A má: reestréia no Cine Arte-UFF, pior projeção do (estado do) RJ. O scope maravilhoso de Emmanuel Lubezki vai para o espaço. Mas, para quem não viu, é a chance. Na Cinemateca do MAM, Federico Fellini. Hoje, 18h30, Os Boas-Vidas. Amanhã, às 16h e às 18h, Noites de Cabíria e Roma. Domingo, também às 16h e às 18h, A Trapaça e E La [...Continua...]

Apr 252006
 

Há quanto tempo não aparecia um top 10 por aqui. Tanto que nem me lembro se já fiz um do Fellini. Mas, enfim, visões mudam… Vamos lá: 1. Roma, 1972 2. Os Boas Vidas, 1953 3. A Doce Vida, 1960 4. Oito e Meio, 1962 5. A Estrada, 1954 6. Amarcord, 1973 7. E La Nave Vá, 1983 8. Noites de Cabíria, 1957 9. Ensaio de Orquestra, 1979 10. Casanova, 1976 PS: o episódio dele [...Continua...]