Feb 072006
 

A Mulher e La Bête foi exibido na última maratona. Coincidência impressionate. Será que o Guilherme Tristão fez algum trabalho contra o Borowczyk? 06/02/2006 – 10h38 Morre cineasta polonês Walerian Borowczyk da France Presse, em Paris O diretor de “Contos Imorais” (1975), Walerian Borowczyk, morreu na sexta-feira em conseqüência de uma complicação cardíaca em um hospital da região de Paris, informou uma fonte próxima do cineasta à France Presse. Nascido em 1923 em Kwilcz (Polônia), [...Continua...]

Feb 052006
 

Domingo, caso eu consiga acordar na hora (geralmente durmo de manhã – insônia), é dia de rever Amor à Flor da Pele no Odeon, às 14h30. Após ler que um dos filmes favoritos de Wong Kar-Wai é Os Guarda-Chuvas do Amor, resolvi dar uma nova chance para o homem. Ainda não entendi bem porque Anjos Caídos, em teoria, é bom – continuo achando uma afrescalhação sem limites. Mas, como eu gosto de 2046, eu devia [...Continua...]

Feb 022006
 

A programação do Odeon em fevereiro está bastante boa. Os motivos: 1. Maratona com Ponto Final, de Woody Allen. De brinde, A Mulher e La Bête, de Walerian Borowczyk (filme dele às 4h no Odeon cheio tem tudo para ser antológico). 2. Retrospectiva Carlos Mossy, com 10 pornochanchadas. 3. Quatro filmes de Wong Kar-Wai (Anjos Caídos, Felizes Juntos, Amor à Flor da Pele e Amores Expressos). 4. Sessão Cineclube com O Fundo do Coração (Coppola), [...Continua...]

Jan 252006
 

Quarta-feira há promoção nos ingressos, tanto no Arteplex, quanto no Palácio (os dois melhores cinemas do RJ). Assim, é o dia de fazer a limpa no circuito, para mim. Quer dizer, a expressão é meio exagerada. Quero ver A Família Rodante – que parece que só eu não assisti no Festival do Rio de 2004 – e, se der tempo, mais um. As Chaves de Casa, talvez. 20h30, no Odeon, tem Cachaça Cinema Clube. A [...Continua...]

Jan 242006
 
Guia de Cinemas - RJ

Estação Museu da República O Estação Museu da República, como o nome indica, fica dentro do Palácio do Catete. Acredito que o ideal seja fazer um programa pelo lugar, que conta com cafés, jardim, lago, e patos (alguns assustadoramente grandes). Mas eu não tinha tempo para isso (ok, dei uma volta por lá, porque cheguei cedo), então vamos à análise do cinema em si. O Museu da República já foi a birosca do Grupo Estação, [...Continua...]

Jan 072006
 

É a parte 1 porque, espero, haverá a parte 2. Acabei de chegar da Maratona Odeon – ainda estou acordado – e gostaria, mais tarde, de falar algo sobre os filmes. Dois bem ruins: O Assassinato de Richard Nixon e Escuridão. O outro, realmente ótimo: Impulsividade. É uma jóia, que torço para que seja descoberta pelo público quando estreiar.