Feb 162006
 

Vistos 4 dos indicados a melhor filme (e direção, já que todos fizeram a dobradinha), devo dizer que o melhor, para mim, é Munique. Estranho dizer que Spielberg fez o mais instigante e ousado entre os concorrentes, mas é verdade. Lamento profundamente que os votantes daquela josta não tenham se lembrado de Eric Bana e de Mathieu Almaric – ou dos demais coadjuvantes, que estão bem -, assim como da ótima fotografia de Janusz Kaminski. [...Continua...]

Feb 162006
 
Crash - No Limite

Crash – No Limite, 2005, de Paul Haggis Não é uma crítica de Crash, No Limte. Para escrever uma crítica minimamente decente, eu teria que rever o filme (afinal, assisti à bomba de Paul Haggis – indicada a 6 oscars – em meados de setembro, durante as cabines do Festival do Rio). O que, sinceramente, não faço nem se me encostarem uma arma na cabeça. Mas, como ele reestréia dia 17 agora, vale um comentário [...Continua...]

Feb 142006
 
Boa Noite e Boa Sorte

Boa Noite e Boa Sorte, 2005, de George Clooney Assim que terminaram a hora e meia de Boa Noite e Boa Sorte, não pude evitar a impressão de que George Clooney jogou fora a chance de ter feito em grande filme. Material, havia: o embate de Edward Murrow, da rede de TV CBS, contra o senador Joseph McCarthy, em plena caça às bruxas, no início da década de 50. De fato, as melhores seqüências de [...Continua...]

Feb 112006
 

Johnny Cash conheceu June Carter em 1955. Durante 13 anos – TREZE – ele insistiu, insistiu e insistiu, até que ela finalmente aceitasse se casar. Inacreditáveis 40 pedidos depois, June disse “ok” no meio de um show, quando Cash parou de cantar e fez a proposta, observado por milhares de pessoas. O cara é meu ídolo. A página oficial dele é http://www.johnnycash.com, onde o visitante é recebido com música de primeira. Quanto ao filme, bem… [...Continua...]

Feb 022006
 

Amanhã teremos a maior concentração de estréias e pré-estréias reunindo oscarizáveis de que tenho notícia. Entram em cartaz O Segredo de Brokeback Mountain, com suas 8 indicações, e mais Boa Noite e Boa Sorte e Memórias de Uma Gueixa, ambos com 6 indicações. Na Maratona Odeon, Ponto Final, que deu a Woody Allen mais uma nomeação como melhor roteiro. E, no filme surpresa (segundo o release, com duas indicações ao Oscar), aposto minhas fichas em [...Continua...]

Jan 312006
 

FILME Boa Noite e Boa Sorte Capote Crash Munique O Segredo de Brokeback Mountain DIREÇÃO George Clooney (Boa Noite e Boa Sorte) Bennett Miller (Capote) Paul Haggis (Crash) Steven Spielberg (Munique) Ang Lee (O Segredo de Brokeback Mountain) ATOR David Strathairn (Boa Noite e Boa Sorte) Philip Seymour Hoffman (Capote) Terrence Howard (Hustle and Flow) Joaquin Phoenix (Johnny e June) Heath Ledger (O Segredo de Brokeback Mountain) ATRIZ Reese Whiterspoon (Johnny e June) Charlize Theron [...Continua...]

Jan 302006
 

Directors Guild Awards Deu a lógica: Ang Lee, por O Segredo de Brokeback Mountain. Screen Actors Guild Awards Elenco: Crash Ator: Philip Seymour Hoffman (Capote) Atriz: Reese Whiterspoon (Johnny e June) Ator coadjuvante: Paul Giamatti (A Luta pela Esperança) Atriz coadjuvante: Rachel Weisz (O Jardineiro Fiel) Nas categorias individuais, a única “surpresa” foi Paul Giamatti. Prêmio de consolação pelas esnobadas em Sideways e em O Anti-Herói Americano. É bem provável que o Oscar faça o [...Continua...]

Jan 292006
 
O Aviador

Lembrando as sessões de O Aviador no Odeon, a terceira melhor tela do RJ: Segunda, 30/01, às 17h10. Quarta, 01/02, às 17h10 (é possível aqui emendar com a Sessão Cineclube, que exibe De Salto Alto, do Almodóvar). Textos meus sobre o filme: www.contracampo.com.br/69/planoaviador.htm www.contracampo.com.br/68/aviator.htm Related Images:

Jan 292006
 
O Touro Indomável

O Touro Indomável, 1980, de Martin Scorsese Marty é figura constante por aqui, já que, afinal de contas, é um dos meus ídolos. Acredito que o primeiro filme dele que vi tenha sido Depois de Horas, ainda nos anos 80. Nos cinemas, acompanho desde Os Bons Companheiros – sim, eu entrava em filmes proibidos para menores. Sempre me identifiquei com ele. Não sei porque, a empatia é arrasadora. Eu realmente me sinto da mesma forma [...Continua...]