Jan 152007
 

Assisti hoje de madrugada a Inside the Actor’s Studios, que entrevistou Jude Law. A melhor passagem – a única boa, na verdade, já que elogiar Anthony Minghella está abaixo de qualquer crítica – foi a explicação do rapaz sobre a forma de como se preparou para o personagem de Exiztenz. Mais ou menos: “David me deu pilhas de livros existencialistas e de jogos de playstaton. Eu ia de Kierkegaard a Lara Croft”. Assim se constrói [...Continua...]

Jan 112007
 

O Telecine Cult anuncia Era Uma Vez no Oeste para segunda-feira, 19h50. É mentira! O filme, ou o arremedo que será mostrado, passa em tela cheia, e não em 2.35. O canal já se habituou a exibir os filmes fora da janela, infelizmente. Ver algo lá, só quando a obra for anterior a 1953, uma vez que todas eram em full screen mesmo (a menos que seja um Napoleon da vida). Mas cara-de-pau tem limite. [...Continua...]

Jan 062007
 

Na última quinta-feira, passaram dois curtas-metragens de Charlie Chaplin no Telecine Cult, seguido do documentário sobre Casamento ou Luxo?. O canal promete mais Carlitos em sua programação, exibindo as cópias da MK2, ou seja, as restauradas e relançadas nos cinemas e em DVD recentemente. Os dois curtas foram Vida de Cachorro, de 1918, e Os Clássicos Vadios, de 1921, que Chaplin fez para a First National. No acordo assinado, que o tirou da Mutual, ele [...Continua...]

Aug 132006
 

Passei a tarde de domingo ora lendo A Forma do Filme, ora zipando os canais a cabo. Dois filmes me chamaram a atenção: Karatê Kid e Superman 3. A inda não vi Superman Returns (pois é, ando defasadíssimo em relação ao circuito). Mas, da franquia original, o melhor, disparado, é o terceiro. Por uma razão: o gênio Richard Pryor. E a volta de Clark Kent a Smalville também é muito bacanosa. Quato a Karatê Kid, [...Continua...]

Aug 112006
 

Enquanto padecia da virose, retornei à infância e assisti ao Chaves. Deus, como é divertido. Não espanta que continue no ar, ininterruptamente. Chaves, Chiquinha, Kiko, Seu Madruga, Dona Florinda, Professor Girafales, Seu Barriga, Nhonho… Andei pensando, como não tinha nada para fazer: e se cineastas famosos, de hoje, filmassem Chaves? Como seria? A resposta começa amanhã, na série especial de Los Olvidados… Related Images:

Jul 312006
 
Sessão Nostalgia

Alguém se lembra de As Incríveis Peripécias do Ônibus Atômico? Passava regularmente na extinta TV Manchete, que Deus a tenha. Contava a história da primeira viagem (entre Nova York e Denver, sem paradas), do ônibus atômico, que sofria mil e um contratempos. A começar pela explosão, ainda na fase de testes, que deixa seu inventor com a medalha de São Cristóvão cravada no peito, impossibilitando-o de ser retirado do estacionamento durante todo o filme . [...Continua...]

Jul 282006
 

Mais de uma semana com a virose que me derrubou. Ontem foi o dia mais crítico, com diarréia. Estou impossibilitado de sair de casa, e não consigo fazer nada – ler, escrever, mesmo assistir à televisão. Mas hoje, na Sessão da Tarde, um dos clássicos da minha infância: Orca, a Baleia Assssina, de Michael Anderson (diretor de A Volta ao Mundo em 80 Dias). Sábado e domingo, no MAM, as Quatro Estações, de Eric Rohmer. [...Continua...]

Jul 052006
 
O Homem que Amava as Mulheres

Começou no último domingo, com Os Incompreendidos, mostra com oito filmes de François Truffaut no Telecine Cult. São quatro filmes da saga de Antoine Doinel – Os Incompreendidos, Amor aos 20 anos, Beijos Proibidos e Domicílio Conjugal (estranha ausência de Amor em Fuga, por que não passar logo todos de uma vez?). Também serão exibidos A Noiva Estava de Preto, Jules e Jim e os bem raros Um Só Pecado e Atirem no Pianista, com [...Continua...]

Jun 052006
 
Suzane

Ela é jovem, rica, loira e bonita. Como nem tudo são flores, também é uma assassina perversa, fria, calculista e sanguinária. Estava acompanhando um pedaço da cobertura que a Bandeirantes faz do julgamento de Suzane Von Richthofen, a moça que matou os pais e teve a cara-de-pau de dizer “não fui eu, foram os Cravinhos” (há uma comunidade no orkut com este nome, aliás). A tese da defesa, pelo que explicou o advogado, é algo [...Continua...]

May 232006
 

Zapeando os canais da TV, esbarro no Eurochannel, que traz dois filmes a serem vistos: Meia-noite, passa La Commare Secca, primeiro longa-metragem de Bernardo Bertolucci. Não está entre meus cineastas favoritos, longe disso, mas o segundo filme dele, Antes da Revolução, é uma obra-prima. Quatro da matina, é a vez de A Moça com a Valise, de Valerio Zurlini. Jamais assisti a nada de Zurlini (por absoluta falta de oportunidade, não se exibem filmes do [...Continua...]