Jun 022006
 

Fim de semana com três estréias de peso no circuito: Que Eu Fiz para Merecer Isto?, de Pedro Almodóvar. O Samurai do Entardecer, de Yoji Yamada. O Homem Urso, de Werner Herzog. Não gostei de O Homem Urso, mas vi em condições insalubres, num DVD vagabundo que o É Tudo Verdade passou no lugar da cópia beta que eles tinham e estourou. Agora, será exibido em película, e mesmo que boa parte do filme consista [...Continua...]

May 262006
 
Werner Herzog na Contracampo

- Nosferatu, O Vampiro da Noite, 1979 - Além do Infinito Azul, 2005 - Narrated and Directed by Werner Herzog A edição 80 da Contracampo está no ar. Artigo meu sobre o Herzog narrador em Terra do Silêncio e da Escuridão, Marianne Cai na Selva, O Pequeno Dieter Precisa Voar, O Homem Urso e O Diamante Branco. Além disso, linkaram dois textos meus sobre Nosferatu (feito para a Sessão Cineclube – numa mesa de McDonalds, aliás) e Além [...Continua...]

May 252006
 

Hoje, no Odeon, às 17h30, passa Cenas de Um Casamento, de Ingmar Bergman. Ele foi exibido na mostra Finitude e Transcendência, no Cine-Arte UFF. Mas, convenhamos, o Odeon é muito melhor. E mais perto, para quem mora do lado de cá da ponte. Outro daqueles filmes que, embora de fácil acesso, como O Enigma de Kaspar Hauser, eu jamais vi. Corrigirei o erro, prometo – até porque adoro Da Vida das Marionetes, que Bergman realizou [...Continua...]

May 212006
 

- 24/5 – O Enigma de Kaspar Hauser, 1974, de Herner Herzog. – 31/5 – Rio Zona Norte, 1957, de Nelson Pereira dos Santos. – 7/6 – O Desespero de Veronika Voss, 1982, de Rainer Werner Fassbinder. – 14/6 – Mouchette, 1967, de Robert Bresson. – 28/6 – A Viúva Alegre, 1934, de Ernst Lubitsch. Bela programação. Kaspar Hauser coroa a pauta Herner Herzog da Contracampo, que está para entrar no ar. Como já disse, [...Continua...]

May 142006
 

Preciso escrever hoje o texto para a pauta Werner Herzog da Contracampo. Não faço a menor idéia ainda sobre o quê. Entendam, não é falta de assunto – é excesso. Muitas idéias que não consigo fechar. Tentarei sonhar com as formigas verdes e ver se elas me indicam o caminho. Enquanto isso, um Top 10 com os filmes do homem, incluindo documentários e ficções: 1. Land of Silence and Darkness, 1971 2. Lições da Escuridão, [...Continua...]

May 082006
 

Eu baixei Burden of Dreams, o documentário que Les Rank fez sobre as filmagens de Fitzcarraldo. Ainda não consegui vê-lo, por problemas de legenda. Parte dele é falado em alemão, o que complica. Mas, pesquisando no IMDB, descubro uma pérola de Werner Herzog presente no filme: “Without dreams we would be cows in a field, and I don’t want to live like that. I live my life or I end my life with this project”. [...Continua...]

Apr 262006
 

Leva de filmes que terminei de baixar ontem: – A Virgem Desnudada por Seus Celibatários e Turning Gate, de Hong Sang-Soo. – Lancelot du Lac e O Diabo Provavelmente, de Robert Bresson (do diretor, falta apenas Les Anges du Peché, que já encontrei). – O Desprezo, de Jean-Luc Godard (Criterion Collection). – Where the Green Ants Dream, de Werner Herzog. – Lady Oscar, de Jacques Demy. Related Images:

Apr 112006
 

“O quinto anjo tocou a trombeta, e vi uma estrela caída do céu sobre a terra, e foi-lhe dada a chave do poço do abismo; e subiu uma fumaça do poço, como fumaça de uma grande fornalha, e escureceu-se o sol e o ar com fumaça do poço. Da fumaça do poço saíram gafanhotos para a terra, e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra. Foi-lhes ordenado que não fizessem [...Continua...]

Apr 052006
 

Conversando com Luiz Carlos Jr., segunda-feira, no Plebeu (bar em Botafogo, para quem não é do RJ), sobre a futura pauta Herzog para a Contracampo, ele disse uma frase bem interessante: De que Lars Von Trier adoraria ser Werner Herzog, mas não é louco o suficiente. Verdade. Trier é calculista, frio, pretensamente ousado e inovador (mesmo nos filmes dele que gosto). Herzog é simplesmente maluco e cara-de-pau. E digo isso como elogio, vejam bem. Ou [...Continua...]